Depoimentos

Ver mais depoimentos

Dr. Francisco Cavalcanti de Almeida

Há cinco décadas foi publicada a Lei nº 5.517, que criou os Conselhos Federal e Regionais de Medicina Veterinária – Sistema CFMV/CRMVs. À época não se imaginava que a Medicina Veterinária ganharia o protagonismo atual e seria tão decisiva para a economia brasileira, como é agora.

Hoje, a profissão fortalece o agronegócio, mercado que já é responsável por ¼ do PIB brasileiro. O médico-veterinário está presente em toda a cadeia de produção animal. Ele atesta e garante a qualidade dos produtos de origem animal consumidos pela sociedade – desde o melhoramento genético dos animais, passando pela nutrição, saúde, manejo, abate, rastreabilidade até chegar às gôndolas dos supermercados.

Com a Lei 5.550, agregou-se a esta missão o profissional zootecnista.

O Sistema CFMV/CRMVs defende o mercado dos médicos-veterinários e zootecnistas, cuja missão vai muito além da promoção da saúde e do bem-estar animal. Somos profissionais de saúde única, responsáveis por integrar a saúde animal, humana e do meio ambiente.

Orgulho, reconhecimento e valorização, está é minha mensagem para você, profissional, que fez parte desta história. 50 anos se passaram; os próximos são ainda mais promissores. Há muito trabalho pela frente e compromissos sérios com o desenvolvimento do Brasil e do mundo.

Transparência e inovação são as premissas que marcam o jubileu de ouro do Sistema CFMV/CRMVs. Juntos somos mais fortes!

Dr. Francisco Cavalcanti de Almeida
Presidente do CFMV

Dr. Bruno Divino

“Para o CRMV-MG, o sistema CFMV/CRMVs promove o bem estar da sociedade ao auxiliar na saúde única, uma vez que a Medicina Veterinária e a Zootecnia são responsáveis pela segurança alimentar, controle de zoonoses e, por sua vez, manutenção da saúde pública. Cabe aos Conselhos fiscalizar o trabalho desempenhado pelos profissionais da área e garantir que a população receba produtos de origem animal de qualidade, criando confiança nos serviços prestados.

O sistema CFMV/CRMVs visa também a valorização profissional, bem como o pleno exercício da profissão e a ampliação do conhecimento, ao promover programas, palestras e eventos com o intuito de capacitar seus inscritos.

Desse modo, é um orgulho integrar o sistema de instituições que auxiliam para o avanço da Medicina Veterinária e da Zootecnia no meio acadêmico, profissional e social.”

Dr. Bruno Divino
Presidente do CRMV-MG

Dr. Célio Pires Garcia.

Ao comemorar os 50 anos da Lei Federal nº 5.517, o CRMV-CE passa por constante evolução, tanto em estrutura física quanto aos serviços prestados à comunidade médico-veterinária e zootécnica, assim como ao público em geral, sempre em busca do fortalecimento e valorização da Medicina Veterinária e Zootecnia na sociedade. Destaca-se a atuação das comissões assessoras do CRMV-CE que tem marcante atuação na Saúde Única, no ensino da Medicina Veterinária e da Zootecnia, a clínica médica veterinária de pequenos e de grandes animais, ética e responsabilidade técnica, animais de produção, animais selvagens, vigilância sanitária e inspeção de alimentos, áreas emergentes, bem-estar animal, Medicina veterinária legal e equideocultura, não só no assessoramento da Diretoria, como em ações de educação continuada e na promoção de encontros e eventos educativos.

 

Dr. Célio Pires Garcia.

Presidente do CRMV-CE

Dr. Domingos F. Lugo Neto

Tudo mudou após a criação do Sistema CFMV/CRMVs: nossas profissões passaram a caminhar com os próprios passos e as decisões feitas em melhoria de nossa classe partiram dos médicos-veterinários e zootecnistas pioneiros, que iniciaram esta jornada que faz 50 anos. Estou muito orgulhoso em ser parte desta história de lutas e conquistas para sedimentar a base de toda produção animal, que alavanca a riqueza da sociedade brasileira e promove o crescimento do Brasil, em prol da Saúde Única de todos os cidadãos.

 

Dr. Domingos F. Lugo Neto

Presidente do CRMV-PB

Dr. Fábio Fernando Ribeiro Manhoso

A Medicina Veterinária nesses 50 anos teve uma evolução sistemática e consolidou-se como uma profissão de destaque no cenário nacional. Inicialmente vista como do agronegócio e atualmente classificada também como da saúde, pois consegue englobar o que hoje denominamos Saúde Única, ou seja, saúde animal, humana e ambiental. Extremamente tecnificada, tem na inovação sua ascensão, com pesquisas de alto impacto que contribuem para uma sociedade melhor. Nisso tudo, tem-se que destacar o Sistema CFMV/CRMVs que passa a ser imbuído do princípio legal da fiscalização profissional, levando à sociedade brasileira uma Medicina Veterinária de qualidade nos mais variados fins.  

Dr. Fábio Fernando Ribeiro Manhoso

Presidente da Comissão Nacional de Residência em Medicina Veterinária – CNRMV/CFMV

Dr. Haruo Takatani

O Sistema do CMFV/CRMVs atualmente possui uma rede mais prática e mais próxima dos usuários. Com a atualização tecnológica através do SISCAD, os mesmos podem fazer cadastros, emitir boletos, entre outras funções, que antes só seria possível pessoalmente. Assim, a sistematização do CFMV, juntamente com os CRMVs, propiciando inúmeros benefícios aos médicos-veterinários e zootecnistas de todo o Brasil. Em comemoração aos 50 anos deste sistema, os servidores e usuários dizem-se satisfeitos com o serviço ofertado.

 

Dr. Haruo Takatani

Presidente CRMV-AM

Dr. Irineu Machado Benevides Filho

Há meio século o CFMV atua no sentido de garantir a saúde e o bem-estar dos homens e animais. Para isso está atento à necessidade de estar constantemente normatizando, orientando e fiscalizando o exercício profissional dos médicos-veterinários e zootecnistas, bem como da importância de disciplinar e orientar o exercício das funções do Responsável Técnico, nas diferentes áreas da veterinária, a fim de garantir a qualidade dos serviços e dos produtos demandados pela sociedade. 

Dr. Irineu Machado Benevides Filho

Presidente da Comissão Nacional de Responsabilidade Técnica – Conret/CFMV

Dr. Ismar Araújo de Moraes

Com regulamentos atualizados e regras claras de comportamento ético é que se construirá um futuro digno para a Medicina Veterinária e a Zootecnia brasileiras.

Dr. Ismar Araújo de Moraes

Presidente da Comissão Nacional de Ética e Legislação – Conel/CFMV

Dr. José Arimateia da Silva

Em 50 anos houve uma grande valorização da profissão do médico-veterinário que ao fazer saúde animal promoveu a excelência na produção de carne, leite, ovos, mel e todos os derivados, além da participação na produção do pescado. Se inseriu no controle das doenças zoonóticas colocando o País em situação de área controlada para diversos agravos, implicando na melhoria da vida e saúde da população que antes morria acometida pela doença do cachorro louco ou pela icterícia da Leptospirose.  Fortaleceu o controle desde a planta frigorífica ao supermercado sobre os alimentos de origem animal, que chegam à mesa do consumidor fomentando a segurança alimentar nos dias de hoje. Foi decisivo no crescimento do mercado pet no cuidado com os pequenos animais. O sistema está inserido na questão ambiental e no bem-estar animal. Na pesquisa e extensão. A inserção da Zootecnia adicionou um trabalho de excelência para o desenvolvimento da cadeia de produção animal notadamente no aspecto nutricional e da melhoria genética. Se o passado nos credencia, o futuro se anuncia muito mais promissor. Em 50 anos o sistema CFMV/CRMVs pavimentou o caminho para novas conquistas para profissionais de Medicina Veterinária e Zootecnia, cada vez mais preparados e presentes na vida da sociedade brasileira.

 

Dr.José Arimateia da Silva
Médico Veterinário – Secretário Geral CRMV-RN

Dr. José Maria dos Santos Filho

Nos últimos 50 anos o Brasil obteve uma proeza ambicionada por qualquer nação, qual seja, a de se tornar a potência agropecuária que alimenta o planeta, concretizando assim aquele outrora anseio de ser o celeiro da humanidade. Essa conquista além de trazer benefícios que extrapolam as desejáveis vantagens econômicas, o que por si só já seria uma tarefa de extraordinária importância, possibilitou ainda a esse jovem País sair de condição de grande importador de gêneros alimentícios para ocupar o status de quarto maior exportador de alimentos do mundo, fator de riqueza e questão de segurança nacional.    

Dr. José Maria dos Santos Filho

Presidente da Comissão Nacional de Tecnologia e Higiene Alimentar – Contha/CFMV

Dr. Marcos Vinícius de Oliveira Neves

Nos últimos 50 anos cresceu de forma exponencial a relevância do trabalho que desenvolvemos e o reconhecimento pelos serviços que prestamos. A criação do Sistema CFMV/CRMVs chancela a conduta ética dos profissionais da Medicina Veterinária e da Zootecnia e consolida-se como órgão aliado da sociedade brasileira em prol da saúde humana, animal e ambiental.

Em Santa Catarina temos orgulho do status sanitário conquistado, da potência da nossa agroindústria, do avanço e tecnologia da área pet e da excelência do ensino e pesquisa. Neste cinquentenário nossos parabéns a todos os envolvidos com o Sistema CFMV/CRMVs.

 

Dr. Marcos Vinícius de Oliveira Neves

Presidente do CRMV-SC

Dr. Mário Eduardo Pulga

Momento de suma importância para a Medicina Veterinária e para a Zootecnia, a criação do Sistema CFMV/CRMVs possibilitou que as profissões alcançassem um novo patamar no mercado de trabalho. Além da elaboração de resoluções técnicas que orientaram as profissões ao longo desses 50 anos, o Sistema se aprimora a cada dia em busca de um exercício profissional ético e preparado para atender às demandas da sociedade com qualidade. Mais do que zelar pelo exercício profissional, o Sistema tem buscado representar as classes na defesa da Saúde Única em todas as esferas políticas. Nunca fomos tão demandados e este é o momento para nos reafirmarmos como agentes sociais e de saúde pública.

Dr. Mário Eduardo Pulga

Presidente do CRMV-SP

Dr. Nélio Batista de Morais

Medicina Veterinária, 50 anos de engrandecimento à vida!

Dr. Nélio Batista de Morais

Presidente da Comissão Nacional de Saúde Pública Veterinária – CNSPV/CFMV

Dr. Olízio Claudino da Silva

Parabenizo o Sistema CFMV/CRMVs pelas grandes conquistas para as classes da Medicina Veterinária e Zootecnia. Tivemos importantes avanços nos últimos 50 anos no agronegócio e na saúde, como a inclusão do médico-veterinário no Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), a erradicação da Febre Aftosa em 2018 e outras zoonoses no Brasil.  Há a necessidade de mais ajustes na legislação para atender às demandas das categorias para os próximos 50 anos, já que as necessidades hoje e no futuro serão outras. É para isso que o sistema existe. Vamos sempre atuar em prol dos profissionais e da sociedade, exercendo com dignidade e ética nossas funções e zelando pelo prestígio e pelo bom nome das profissões.

 

Dr. Olízio Claudino da Silva

Presidente do CRMV-GO

Dr. Rafael Gianella Mondadori

Acredito que durante esses 50 anos o sistema CFMV/CRMVs vem, cada vez mais, consolidando seu papel de promoção do bem-estar social, por disciplinar o exercício da Medicina Veterinária, bem como diversas lutas pela valorização dos profissionais.

Dr. Rafael Gianella Mondadori

Presidente da Comissão Nacional de Educação da Medicina Veterinária – CNEMV/CFMV

Dr. Rodrigo Távora Mira

O Sistema CFMV/CRMVs veio para consolidar a importância do Estado na garantia da prestação de serviços médico-veterinários e zootécnicos de qualidade em benefício da sociedade. Ao repassar a missão de fiscalizar o exercício profissional à própria categoria, assegura-se que os princípios éticos sejam aplicados e que as denúncias sejam analisadas e julgadas com prudência e isonomia. Concomitantemente, a criação do Sistema traz a valorização dos médicos-veterinários e zootecnistas que atuam pautados na legalidade, executando suas atividades com a excelência que deles é esperada e exigida.

Dr. Rodrigo Távora Mira
Presidente do CRMV-PR

Dr. Wanderson Alves Ferreira

50 anos se passaram. Muita luta e muitas conquistas. Os desafios continuam ainda maiores. Que venham mais 50. Estamos prontos.

 

Dr. Wanderson Alves Ferreira
Presidente da Comissão Nacional de Estabelecimentos Veterinários – CNEV/CFMV

Dr. Wirton Costa

A Medicina Veterinária e a Zootecnia do Rio Grande do Norte têm sido responsável por grandes avanços na economia do Estado. As principais cadeias produtivas animais – caprinovinocultura, aquicultura, avicultura, bovinocultura, apicultura, equinocultura, suinocultura – têm tido cada vez mais profissionais médicos-veterinários e zootecnistas capacitados.

Também, e especialmente no mercado Pet, o médico-veterinário potiguar tem se destacado, oferecendo à sociedade serviços profissionais de alto gabarito. O CRMV-RN tem cada vez mais mostrado a importância destes profissionais nestas atividades, através de um novo programa de capacitação continuada, bem como de atividades fiscalizatórias e educativas em todo o Estado.

Assim, estamos comemorando 50 anos do sistema CFMV/CRMVs, na perspectiva de termos um serviço prestado cada vez melhor aos nossos profissionais e à sociedade norte-rio-grandense.

Wirton Costa
Presidente CRMV-RN

Dra. Ana Elisa F. de Souza Almeida

A promulgação da Lei nº 5.517, em 23 de outubro de 1968, que dispõe sobre exercício da profissão de médico-veterinário e cria os Conselhos Federal e Regionais de Medicina Veterinária, representa uma grande conquista para a Medicina Veterinária brasileira que passa a ter, a partir desta data, normas regulamentares bem definidas e um órgão que fiscaliza o seu exercício profissional, com reflexos significativos em defesa de toda a sociedade.

Dra. Ana Elisa F. de Souza Almeida

Presidente do CRMV-BA

Dra. Elizabeth Rota Chitto

A Junta Governativa Interina se alia ao Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) na comemoração dos 50 anos do Sistema CFMV/CRMVs, colaborando no zelo do exercício de atividades inerentes à Medicina Veterinária e à Zootecnia.

A competência, excelência, ética e legalidade dos atos médico-veterinários e zootécnicos são garantidas por esta parceria tão fundamental na promoção do bem-estar animal, humano e do meio ambiente.

 

Dra. Elizabeth Rota Chitto

Presidente da Junta Governativa Interina do CRMV-RS

Dra. Francisca Neide Costa

O ano de 1968 representa um marco histórico para as profissões da Medicina Veterinária e da Zootecnia brasileiras. Neste ano, no dia 23 outubro, foi sancionada a Lei 5.517 que criou a profissão da Medicina Veterinária e o Sistema CFMV/CRMVs e em 04 de dezembro, foi sancionada a Lei 5.550 que criou o exercício da profissão de Zootecnia.

Foram muitos os ganhos nas inovações tecnológicas, na produção do conhecimento e em muitas outras áreas, mas ressaltamos os resultados que o Sistema teve no disciplinamento das profissões da Medicina Veterinária e Zootecnia, por meio da publicação de Resoluções e Normas pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária que, com muita responsabilidade e dedicação em defesa dessas duas profissões, fez nestes 50 anos.  

Quero parabenizar a todos os colegas que fizeram parte desse meio século de muita luta e trabalho, mas também de muitas conquistas, como o melhoramento genético animal, principalmente na produção de frangos, novas tecnologias na produção de suínos e na reprodução animal, com a produção de embriões “in vitro”, a produção de vacinas recombinantes, dentre outras importantes conquistas.

Tivemos mais conquistas que perdas, no entanto, não podemos neste momento deixar de registrar a preocupação com a “invasão” de outras profissões nas áreas de atuação do médico-veterinário e a desobrigação das atividades desse profissional em estabelecimentos que prestam serviços veterinários, como casas agropecuárias, banho e tosa e outros. Portanto, o momento é para comemorar, mas também para refletir sobre as discussões que precisamos colocar em pauta em defesa da inserção dessas duas profissões nos espaços que são das suas competências técnicas, em defesa da saúde e bem-estar dos animais, da saúde pública e do meio ambiente.

Finalizo, ressaltando o meu imenso orgulho de fazer parte do Sistema CFMV/CRMVs. Parabéns ao Sistema CFMV/CRMVs!

Dra. Francisca Neide Costa

Presidente do CRMV-MA

Dra. Maria Antonieta Martorano Priante

50 anos do Sistema CFMV/CRMVs! Nós, do CRMV-PA, ficamos orgulhosos em fazer parte desta história. O CFMV é de suma importância para o nosso País, pois atua junto aos órgãos do poder público e perante a sociedade em prol da Medicina Veterinária, promovendo a valorização profissional e a Saúde Única (animal, humana e ambiental).  

Parabéns ao CFMV pelo trabalho que vem executando. Que nestes 50 anos de regulamentação as barreiras tenham sido superadas e que possamos caminhar rumo aos êxitos pretendidos e merecidos pelos médicos-veterinários e zootecnistas. Em nome do CRMV-PA, deixamos nossas felicitações a todos do Sistema CFMV/CRMVs que ao longo dos anos fizeram parte e auxiliaram na construção deste Sistema.   

Dra. Maria Antonieta Martorano Priante

Presidente do CRMV-PA

Dr. Guilherme Henrique Marques

O que observamos ao longo dos anos de Regulação da Medicina Veterinária do País pelo CFMV, em especial como gestor público na área de Medicina Veterinária, com a responsabilidade da saúde e bem-estar animal, é que o Conselho sempre foi um balizador da qualidade dos profissionais brasileiros.

Sempre buscou soluções e orientações técnicas, científicas, para respaldar o trabalho dos bons profissionais, conferindo e afastando do exercício da Medicina Veterinária aqueles que não honram e não dignificam a classe.

No que tange ao Departamento de Saúde Animal, desenvolvemos parcerias exitosas junto ao Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), o que permitiu irradiar, por meio de seus Conselhos Regionais, a capacitação do corpo técnico existente em todo o País. Uma parceria muito interessante com o Conselho é o treinamento na Estação Quarentenária de Cananéia, propriedade do Ministério da Agricultura, para onde levamos professores de todas as universidades brasileiras com o objetivo de, cada vez mais, aprimorar o conhecimento acadêmico das ações de defesa sanitária animal.

Em educação veterinária desenvolvemos parcerias de treinamento tais como o seminário Internacional da Organização de Saúde Animal (OIE), sem contar outras parcerias contínuas de veterinários privados com os veterinários públicos, no intuito de fortalecer o nosso sistema de defesa.

O que esperamos para o futuro, e para os próximos 50 anos da Medicina Veterinária no Brasil, é o engajamento do veterinário privado na atividade pública, e na conscientização do mesmo de seu papel na defesa sanitária nacional!

Ele é um colaborador, um profissional habilitado pelas autoridades sanitárias, e que permite a capilaridade e a ação mais efetiva no campo, fortalecendo o sistema de defesa, que está sob a coordenação das autoridades federais e estaduais.

O Conselho deve ser cada vez mais, valorizado e fortalecido, para continuar a propiciar as condições de garantias à sociedade da legalidade e qualidade na execução do exercício da Medicina Veterinária em todo o País. E dessa forma representarmos uma classe de profissionais reconhecida, capacitada e respeitada pela população brasileira e mundial.

Dr. Guilherme Henrique Marques

Diretor do Departamento de Saúde Animal (Mapa)

Dr. Luiz Carlos Barbosa Tavares

Nossa sociedade, desde tempos remotos e especialmente partir de seu desenvolvimento, passou a necessitar de pessoas com conhecimentos e habilidades especiais para que fossem atendidas as suas mais variadas necessidades. Como resultado disso, dentre outras tantas profissões, surgiu essa tão especial e importante nos dias atuais, a medicina veterinária, inicialmente cuidando de animais, hoje também cuidando da saúde humana e do meio ambiente. Com uma história relativamente recente de regulamentação em nosso país, a profissão comemora 50 anos de criação do Sistema CFMV/CRMVs, instituições fundamentais para a normatização, fiscalização, respeito e valorização da profissão e seus profissionais. Entre tantas opções que a vida me proporcionou, fiz a escolha de ser médico-veterinário, o que me realiza a cada dia e me torna orgulhoso pelo que faço, buscando contribuir para um mundo melhor, juntamente com todos os demais profissionais que abraçaram esse caminho. Comemoremos juntos então esse importante cinquentenário: parabéns medicina veterinária brasileira!

 

Dr.Luiz Carlos Barboza Tavares CRMV- ES n.º 308

Vice-presidente do CFMV

Dr. Rodrigo Montezuma

A nova gestão tem vital importância nos 50 anos, pois vislumbra um novo horizonte para a Medicina Veterinária e Zootecnia e para o Sistema CFMV/CRMVs no cenário nacional. Destaco, especialmente, a importância das duas profissões para o agronegócio, saúde pública e ensino.

Dr. Rodrigo Montezuma

Diretor do Departamento Jurídico do CFMV

Edson Hernandes Dourado

Estou no Sistema CFMV/CRMVs desde o ano de 2004, e comemorar os 50 anos do CFMV e da Lei nº 5.517/1968 tem um significado muito especial para mim. Apesar de se comemorar 50 anos, sabemos que é uma profissão regulamentada há mais de 80 anos e é considerada uma das profissões mais importantes do mundo. Muitas pessoas não sabem a importância da profissão, eu mesmo quando entrei no Sistema, pensava que o médico-veterinário cuidava apenas de cachorro e gato, sendo que, na verdade, a mesma está inserida num contexto bastante amplo.

Hoje com um olhar mais crítico, posso afirmar que o Sistema CFMV/CRMVs, bem como a Medicina Veterinária, vem buscando desenvolver o aprendizado humanista para atender e compreender melhor a sociedade, mas sempre prezando pelo bem-estar.

Comemorar os 50 anos do CFMV e da Lei nº 5.517/1968 é comemorar a prevenção e cura das afecções das diversas espécies animais, a produção e inspeção de alimentos, a defesa sanitária animal, saúde pública e a preservação ambiental e ecológica.

Por fim, parabenizo o Sistema CFMV/CRMVs e a todos os profissionais que contribuem na produção animal no Brasil e na produção de proteína animal, fonte alimentar e de qualidade para o mundo.

Edson Hernandes Dourado

Diretor Administrativo do CFMV

Domingos Sávio

Eu sou médico-veterinário e tenho lutado pela valorização e respeito à nossa profissão. O trabalho desempenhado pelos profissionais de Medicina Veterinária e Zootecnia é de suma importância para o desenvolvimento do meio rural e do Brasil. Parabéns ao Conselho Federal de Medicina Veterinária pelo aniversário de 50 anos em defesa dos médicos-veterinários e zootecnistas!

Domingos Sávio

Deputado Federal

Dr. Francisco Atualpa Soares Júnior

Temos algo para comemorar: são 50 anos da legalização da profissão perante o nosso País, são 50 anos de crescimento, de fortalecimento da classe, de engrandecimento.

A classe vem se especializando, os profissionais vêm buscando atender cada vez melhor seu público. O Conselho Federal tem procurado estar próximo ao médico-veterinário, fazendo com que a profissão cresça, fazendo a inserção do profissional no mercado de trabalho e a gente não pode esquecer o quão grande é essa profissão.

Parabenizar cada profissional que está no campo, que é realmente é uma comemoração nossa.

Dr. Francisco Atualpa Soares Júnior

Conselheiro do CFMV

Dr. Luis Eduardo Ribeiro da Cunha

Como médicos-veterinários temos que estar preparados para o novo conceito para saúde, a da Saúde Única. Há uma proposta da OMS de ” Um só mundo, uma só saúde”. Os médicos-veterinários terão um papel importantíssimo neste novo contexto.

Dr. Luis Eduardo Ribeiro da Cunha

Presidente da Comissão Nacional de Bioética e Biossegurança – CONBB/CFMV

Dr. Nivaldo da Silva

O Conselho atingiu a maioridade na veterinária ao fazer 50 anos e traz uma expectativa futura muito grande para a Medicina Veterinária e para Zootecnia brasileira.

O Sistema CFMV/CRMVs tem mostrado o quão importante são as duas profissões para a população, especialmente na questão alimentar, controle de doenças/zoonoses e na qualidade dos produtos de origem animal. Alimentos para poder manter uma população de mais de 200 milhões de habitantes, com produtos de qualidade.

Dr. Nivaldo da Silva

Secretário-Geral do CFMV

Dra. Erivânia Camelo de Almeida

O Brasil, em especial nós médicos veterinários, estamos comemorando os 50 anos de criação do Sistema CFMV/CRMVs e a regulamentação da profissão. Momento em que precisamos comemorar e refletir sobre a nossa atuação como o profissional que tem a missão de contribuir para alimentar, com proteína animal, mais de um bilhão de pessoas, trabalhar na saúde pública protegendo as pessoas e os animais contra as zoonoses e proteger o meio ambiente. Devido à amplitude de atuação, a Medicina Veterinária é uma profissão extremamente influente na sociedade mundial e por isso, considerada um bem público mundial.

Há 36 anos a Medicina Veterinária me acolheu e tem me possibilitado inúmeras oportunidades de crescimento pessoal, profissional e intelectual. Dessa forma, resta-me apenas agradecer ao Sistema pelo trabalho que vem desenvolvendo em prol da Medicina Veterinária. Parabéns pelos 50 anos!

Dra. Erivânia Camelo de Almeida

Assessora Técnica do CFMV

Dra. Therezinha Bernardes Porto

A primeira ideia que vem à minha cabeça nesses 50 anos é de desafio, principalmente porque o Brasil é um País continental. E isso faz com que a gente entenda a importância da saúde humana e da saúde pública.

Dra. Therezinha Bernardes Porto

Conselheira Efetiva do CFMV

Eros Biondini

“A profissão de médico-veterinário é tão nobre que, além de trazer profunda realização àqueles que a exercem, também é uma paixão de todos os que têm outras profissões. Quando as pessoas são entrevistadas, além de sua profissão, muitas delas dizem que gostariam de ser também médicos veterinários.

Por isso, nesses 50 anos do Conselho Federal de Medicina Veterinária, eu quero parabenizar todos veterinários e dizer da honra e da alegria que é para mim ser médico-veterinário. E, mais ainda, de ser hoje um representante da nossa categoria na Câmara Federal!

Parabéns a todos os veterinários! Parabéns ao Conselho Federal de Medicina Veterinária pelos seus 50 Anos”!

Eros Biondini

Deputado Federal

Izalci Lucas

Celebrar o cinquentenário do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), bem como de todos os conselhos regionais que compõem o Sistema, é reconhecer a importância dos médicos-veterinários e zootecnistas para o Brasil. A busca pelo conhecimento e o desenvolvimento de novas técnicas, coloca o agronegócio brasileiro como um dos principais competidores do setor no mercado internacional.  São 50 anos de luta e vitórias conquistadas. Parabéns a todos vocês que tanto têm feito pelo nosso País.

Izalci Lucas

Deputado Federal

Lourdes do Carmo Braga

Trabalho no CFMV há 13 anos, completados nesse dia 02/10. Iniciei como Chefe do Departamento Financeiro (DEFIN), logo em seguida fui para a Contabilidade, onde fiquei até 2013. Fiz uma pequena experiência na Área de Processos e em 2014 fui para a Área Administrativa, onde fiquei até abril de 2018. Foi nessa área que tive a melhor oportunidade de minha carreira no Conselho, pois foi ali que tive a chance de conhecer melhor os colegas de trabalho e melhorar meu relacionamento com esses colegas que muito respeito e admiro. Desde maio/2018 estou na Controladoria, disposta a enfrentar novos desafios e a oferecer ao CFMV minha dedicação e trabalho. Amo trabalhar no Conselho, faço o que gosto e estou sempre disposta a contribuir naquilo em que eu for útil. Gostaria de parabenizar o Sistema CFMV/CRMVs pelos seus 50 anos e prestar minha homenagem.

Lourdes do Carmo Braga

Controladora do CFMV

Onyx Lorenzoni

Neste ano, nós, médicos-veterinários, comemoramos os 50 anos do Conselho Federal de Medicina Veterinária e dos Conselhos Regionais de Medicina Veterinária, de sua organização e institucionalização pelo Brasil. Nossa profissão, assim como a dos nossos colegas zootecnistas, avançou muito ao longo de cinco décadas. Hoje a profissão se encontra valorizada, a ponto de, em muitas universidades do Brasil, o número de inscritos para o vestibular equivaler hoje às faculdades como de Medicina e Engenharia. Isso é fruto do reconhecimento da importância de nossa profissão. Essa história foi construída por muitos colegas, que com denodo, coragem e, acima de tudo, com amor à nossa profissão, se dedicaram a valorizar o nosso trabalho e a nossa importância junto à sociedade brasileira. Meus parabéns a todos: presidentes, conselheiros, diretores e demais funcionários, e a todos aqueles de outras profissões que contribuíram para essa história de sucesso e para o status que nossa profissão tem hoje.

Onyx Lorenzoni

Deputado Federal

Ricardo Izar

De todos os entes vulneráveis existentes em nossa sociedade, são historicamente os animais não-humanos aqueles que, injustamente, ocupam o estágio mais inferior de acesso à dignidade e respeito mínimos. São dignos de aplausos entusiasmados, todos os profissionais que têm no zelo, carinho e proteção aos animais, o norte de seu ofício profissional. A eles, o meu mais profundo respeito e gratidão.

Ricardo Izar

Deputado Federal

Wellington Fagundes

Antigamente, quando se pronunciava a palavra “veterinário” – formação que tive na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – o senso comum logo remetia ao profissional responsável por cuidar de animais que cercam a maior parte da população: cães, gatos, “pets” em geral. Mas aceitar o desafio de ser veterinário implica em um carinho ainda mais amplo e uma responsabilidade que perpassa as tradicionais vacinações e atendimentos clínicos aos bichinhos caseiros.

A missão do médico-veterinário é, literalmente, cuidar da saúde do cidadão, ao ofertar alimentos saudáveis do ponto de vista higiênico, sanitário e tecnológico. Modernamente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) adotou o sistema de “uma única saúde”, animal, humana e ambiental, na prevenção de mais de 150 enfermidades consideradas zoonóticas comuns aos homens e aos animais.

Ser um parlamentar com formação em Medicina Veterinária, me fez compreender melhor toda a cadeia produtiva de ações e valorizar cada profissional em suas mais de 150 especialidades. Afinal, somos médicos sanitaristas na mais pura essência.

Mais do que valorizar e aplaudir, devemos colocar os médicos-veterinários e zootecnistas em uma posição social e profissional de maior destaque: envolvendo-os em processos de feitura de políticas públicas que, de modo geral, envolvam o tema saúde. Façamos isso por um Brasil ainda mais forte em produção animal, ainda mais recordista em exportação certificada e completamente livre de epidemias.

Parabéns médico-veterinário, zoólogo e zootécnico. E parabéns a este nobre Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), no Distrito Federal que, em 50 anos, experimentou as glórias de engrandecer nosso País!

Wellington Fagundes

Senador e titular na Comissão de Agricultura do Senado

Dr. Francisco Cavalcanti de Almeida
Dr. Bruno Divino
Dr. Célio Pires Garcia.
Dr. Domingos F. Lugo Neto
Dr. Fábio Fernando Ribeiro Manhoso
Dr. Haruo Takatani
Dr. Irineu Machado Benevides Filho
Dr. Ismar Araújo de Moraes
Dr. José Arimateia da Silva
Dr. José Maria dos Santos Filho
Dr. Marcos Vinícius de Oliveira Neves
Dr. Mário Eduardo Pulga
Dr. Nélio Batista de Morais
Dr. Olízio Claudino da Silva
Dr. Rafael Gianella Mondadori
Dr. Rodrigo Távora Mira
Dr. Wanderson Alves Ferreira
Dr. Wirton Costa
Dra. Ana Elisa F. de Souza Almeida
Dra. Elizabeth Rota Chitto
Dra. Francisca Neide Costa
Dra. Maria Antonieta Martorano Priante
Dr. Guilherme Henrique Marques
Dr. Luiz Carlos Barbosa Tavares
Dr. Rodrigo Montezuma
Edson Hernandes Dourado
Domingos Sávio
Dr. Francisco Atualpa Soares Júnior
Dr. Luis Eduardo Ribeiro da Cunha
Dr. Nivaldo da Silva
Dra. Erivânia Camelo de Almeida
Dra. Therezinha Bernardes Porto
Eros Biondini
Izalci Lucas
Lourdes do Carmo Braga
Onyx Lorenzoni
Ricardo Izar
Wellington Fagundes
0:00 / 0:00